Um Novo Fôlego...






Era uma vez um garoto, que morava próximo a uma praia, bem deserta, junto com seu pai.
Este, sempre saía todas as manhãs para trabalhar, e pedia para que seu filho, não se ausentasse de casa, pois, a praia era deserta, e existia um bandido que se escondia  próximo àquele local. Este, assaltava a todos que se aproximavam de lá. Além disso, o menino não sabia nadar, e se porventura entrasse no mar, poderia morrer afogado.
Certo dia, após o pai ter alertado seu filho, saiu para o serviço, como de costume.
Então, o garoto, resolveu, desobedecer seu pai.
Assim que o pai saiu, o garoto abrindo a porta de casa, foi correndo em direção a praia. Mal havia chegado, o ladrão, o avistou e veio correndo em sua direção. O garoto, ao ver que o bandido se aproximava, correu o mais depressa que pode, porém, o bandido, conseguiu o segurar pela gola da camisa, e começou a dizer:
- Me passa o dinheiro, agora mesmo.
- Mais eu não tenho dinheiro. Explicava o menino, assustado
- Então ficarei, com suas roupas. Ameaçou o bandido, que após ter despido o menino o lançou no mar. Assim, as ondas o arrastavam, para cada vez mais distante da terra.
O garoto gritava por socorro. Enquanto o ladrão, ouvindo seus gritos de desespero, correu, temendo que alguém pudesse ver e denunciar à polícia.
Seu pai que ainda caminhava em direção ao trabalho, ouviu de longe os berros do filho e correu rapidamente em direção à praia. Porém, o filho estava longe demais da areia.  Seu pai não conseguiria nadar até onde ele se encontrava.
Então, o pai, pediu ajuda a todos que moravam naquela cidade, porém, ninguém ousava se arriscar.
O irmão mais velho do menino, que trabalhava junto ao pai soube do acontecido, e prontamente, ligou para ele. Dizendo que não se preocupasse, pois iria resgatar seu irmão.
O garoto já perdia suas forças e podia se afogar a qualquer momento, ele não conhecia seu irmão, pois este era bem mais velho que ele, e morava noutro lugar.
O filho mais velho, chegou em alguns minutos e disse:
- Não se preocupe pai, vim até aqui e salvarei o meu irmão!!!
Dizendo, isto, tirou seu sapato, e corajosamente, entrou na água, nadando o mais rápido que podia. E, por fim, conseguiu, trazer seu irmão de volta a praia já inconsciente.
O filho mais velho prestou os primeiros socoros. De repente, o menino cuspiu a água do mar, levantando-se, assustado.
Enquanto o pai se alegrava em ver seu filho salvo, o irmão mais velho o vestia com a sua própria camisa.
O menino, abraçou seu pai, e pediu perdão pela desobediência, em seguida, abraçou seu irmão e disse:
- Fico muito feliz em te conhecer. Obrigada por me salvar, sinto como se tivesse nascido novamente.
Esta história, embora fictícia, retrata uma grande realidade.
Todos nós, éramos como o menino dessa história. Havíamos desobedecido nosso Pai Celestial. Abrimos a porta para o pecado. Isso fez com que satanás, furtasse, nossos direitos e privilégios de filhos. Estávamos nús, e jogados ao oceano do pecado, aonde vivíamos cada vez mais distante do Pai.
Quando sem esperança, e sem forças, não conseguíamos mais gritar por socorro. O nosso irmão mais velho, Jesus Cristo, o Filho de Deus, veio nos resgatar.
Ele, assumiu nossa culpa, desceu ao nosso nível, como está escrito:
“Pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz.” Filipenses 2:6-8
Estávamos inconscientes em nosso pecados, então, Ele nos deu um novo fôlego de vida:
“Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco! Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio. E, havendo dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo.” João 20:21,22
E cobriu-nos da nudez do pecado com seu próprio sangue:
“Sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo, conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifestado no fim dos tempos, por amor de vós” 1 Pedro 1:18-20
Graças a Deus. Por tão grande salvação.
Quem sabe, você tenha se identificado somente com a metade desta história. De repente, ainda esteja vivendo no mar do pecado, e está cada vez mais se afundando nele.  Suas forças, estão acabando e você não sabe o que fazer?
Faça como aquele menino, grite por socorro, clame por Jesus Cristo, Ele é o único que pode tirar você desta situação, A Bíblia diz:
“Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” Romanos 10:13
A salvação, está hoje, disponível para você. A Palavra do Senhor declara:
“Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.” Romanos 10:9
Você quer ser salvo? Repita estas palavras, porém, repita-as, de coração:

Querido Deus. Reconheço que sou um pecador e se não fosse através do sacrifício de Seu Filho, eu estaria condenado. Porém, creio que Jesus Cristo, morreu a minha morte, para que eu pudesse viver Sua vida. Portanto, eu O recebo, como Único, Suficiente, Eterno Salvador da minha vida. Creio, que estou recebendo, a nova natureza, agora mesmo, dentro do meu interior. Obrigado, Jesus, pelo seu sacrifício na cruz do calvário, que trouxe para mim, uma nova existência. Eu declaro, que estou salvo, e sou seu para sempre, em Nome de Jesus, amém.
Se você fez esta oração, saiba, de fato, que se tornou uma nova criatura em Cristo Jesus.“ E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” 2 Coríntios 5:17


Fiquem no amor de Cristo.

*Texto adaptado. Autor original, Thiago Tinoco.


Vanessa Jane
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A Recompensa da Honra- John Bevre (Resumo Participativo)

Ser um missionário...

CARÁTER DE DEUS